NOVO CICLO DE APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO: O PÁTRIA AMADA, IDOLATRADA, SALVE! SALVE!

    0
    479

    Isa Zelaine

    Pedagoga 16/072021 10h35

    Por essa ninguém esperava: MUDANÇAS!!!! Não foi um caso de riso, hilariante ou assustador. É uma realidade que iniciou lá nos países asiáticos, percorreu mares, navios, portos e os aeroportos, até chegar do outro lado do mundo, e apareceu aqui em nosso continente americano, propriamente no nosso país– Brasil.” O PÁTRIA AMADA, IDOLATRADA, SALVE! SALVE!

       Então vimos que repentina e rapidamente tudo modificou, devido o surto da COVID 19, a pandemia que chegou, alterou, mudou nossa rotina EM CASA: o seio familiar vazio, às vezes  não é permitido nem um abraço, ou aperto de mão; NAS RUAS: temos que usar máscaras, com isso nós nem reconhecemos mais o próximo; NOS RECINTOS de convivência social, como: comércios, igrejas e clubes, vimos que às mudanças lá começavam nas portas principais, pois encontravam-se abertas, porém ninguém podia passar…seria um sinal de ALERTA! FIQUEM EM CASA!!

    É mais seguro a todos nós.

       Agora a Escola como teve mudanças: NOVO CICLO DE APRENDIZAGEM, como tudo é novo, verdadeiramente uma luta de sobrevivência e a rotina foi outra para todos nós. Da diretora da Escola, coordenadoras pedagógicas, professores, servidores gerais e até os mais inocentes dessa avalanche de microrganismos terríveis que podem aniquilar vidas, “as nossas crianças “tão indefesas, elas sofreram a falta do (a) professor (a) dentro da sala de aula, do riso, conversa, o som da voz, uma explicação bem feita, as palavras grafadas no quadro giz, até o olhar dentro dos olhos de ver, e o sentir a alegria estampada no sorriso dos lábios.

       Um novo trabalho, uma nova jornada em sala de aula online, não foi para qualquer um não, foi dificílimo, conciliar às mudanças de aprendizagem: leitura, compreensão, interpretação de texto, como na história em quadrinhos, não era possível imaginar a próxima cena, acredito que até as personagens principais assustariam. RSRS!!! Ou então nos cálculos de Matemática, na realização de Adição, levar o aluninho do outro lado da telinha a compreensão de primeira ou segunda parcela é algo mirabolante de ensinar e aprender, porém foi bem realizado, feito com amor, não olhando os obstáculos do caminho, mas sim pensando no melhor para nossos alunos, o foco foi à aprendizagem. TECLAR, ENVIAR E ENSINAR.

       Essas mudanças tiveram um novo significado, um jeito novo de iniciar a aula do dia, de gravar o áudio e envia- ló no horário certinho da aula e depois ver o produto final, que O NOVO exigiu e valeu a pena. Entretanto, as crianças que tiveram acesso ao mundo tecnológico, adaptaram ao ciclo, e absorveram o conhecimento e nós os profissionais tivemos a certeza que realizamos um trabalho brilhante, cheio de amor, desenvolvemos bem o nosso papel na arte de ensino, e esse pouquinho também será multiplicado à proporção que o amor inspira novos caminhos, e uma realização ao longo dessa nova estrada de ensinar nossos alunos.

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Enviar comentário!
    Digite seu nome completo