Os 10 goianos que mais se destacam na política nacional

    0
    476

    Lista com dez goianos, ou radicados em Goiás, que se destacam atualmente como players nacionais na política brasileira.

    Postado em: 06-09-2021 às 17h26 Radio Esperança Brasil

    Alguns são políticos tradicionais. Outros, ocupam cargos mais técnicos. Há também os que são ligados a atividades empresariais ou econômicas.

    De uma forma ou de outra, todos exercem influência no cenário nacional. E a diferença entre a quantidade de homens e mulheres, infelizmente, é grande.

    Como se trata de uma lista subjetiva, certamente há nomes que mereciam ser mencionados, mas acabaram de fora. Veja a seguir os selecionados (em ordem alfabética).

    Alexandre Baldy. Secretário de Transportes Metropolitanos do Governo de São Paulo, Baldy preside o Progressistas (PP) em Goiás e é pré-candidato a senador.

    Desde sua época como deputado federal e posteriormente como ministro das Cidades, é bem-articulado e considerado uma voz influente em Brasília, além de ser uma das pessoas mais próximas do presidente nacional do PP e ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira.

    Ana Carla Abrão. Sócia da empresa de consultoria Oliver Wyman, Ana Carla Abrão é uma das principais referências econômicas no Brasil e frequentemente participa de debates em grandes eventos e na imprensa nacional.

    Foi secretária da Fazenda de Goiás e é filha da ex-senadora Lúcia Vânia e do ex-governador Irapuan Costa Júnior.

    Carlos Alberto Franco França. No final de março de 2021, o então desconhecido diplomata Carlos França assumiu o comando do Ministério das Relações Exteriores, tendo como uma das missões prioritárias melhorar a imagem do Brasil no exterior.

    Sobrinho do artista plástico goiano Siron Franco, o chanceler tem se caracterizado – e sido elogiado – por uma gestão mais discreta e pragmática à frente do Itamaraty, conforme determina a tradição da política externa brasileira e diferentemente de seu antecessor, Ernesto Araújo.

    Henrique Meirelles. Ex-presidente internacional do BankBoston, Meirelles extrapola as fronteiras brasileiras e é provavelmente o goiano mais conhecido no mundo – mais até do que o próprio chanceler.

    Atualmente no cargo de secretário da Fazenda do Governo de São Paulo, foi presidente do Banco Central e ministro da Fazenda. Filiado ao PSD, é pré-candidato ao Senado por Goiás.

    José Ricardo Roriz Coelho. Vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast).

    Frequentemente presente em discussões sobre a indústria brasileira, o empresário goiano é o maior nome de oposição ao presidente da Fiesp, Paulo Skaf, o qual critica por usar a instituição como trampolim político.

    Leonardo Euler de Morais. Presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em um momento em que está prestes a ocorrer o leilão do 5G, assunto que envolve segurança nacional e interesse de outros países, como China e Estados Unidos.

    Seu mandato à frente da Anatel, onde é servidor de carreira desde 2005, se encerra em novembro de 2021, e o leilão do 5G está previsto para o mês anterior. É filho do ex-deputado federal Euler de Morais.

    Raquel Teixeira. Secretária de Educação do Rio Grande do Sul, é aliada de primeira hora do governador gaúcho, Eduardo Leite, um dos principais pré-candidatos a presidente da chamada terceira via.

    Foi deputada federal e ocupou diversas secretarias em Goiás, como Educação, Cidadania e Ciência e Tecnologia, além de ter disputado as eleições de 2018 como candidata a vice-governadora.

    Ronaldo Caiado. Governador de Goiás com anos de experiência no Congresso Nacional como deputado federal e senador, é reconhecido como um importante quadro da direita no Brasil.

    Influente junto ao comando nacional de seu partido, o DEM, foi candidato a presidente em 1989 e não raro é cogitado como possível presidenciável em eleições futuras.

    Vilmar Rocha. Presidente do PSD em Goiás, é um relevante articulador político não só no estado, mas também no Brasil, especialmente por ser próximo do presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, com quem participa de reuniões sobre as eleições presidenciais em 2022.

    Foi deputado estadual, deputado federal e secretário da Casa Civil e de Meio Ambiente. Além disso, é autor de livros na área de ciência política e já deu palestras em universidades do exterior.

    Vitor Hugo. Deputado federal e político de Goiás mais ligado ao presidente Jair Bolsonaro, o qual acompanha de perto durante suas visitas ao estado.

    Militar e advogado, foi líder do governo federal na Câmara dos Deputados, onde é servidor concursado, e hoje está na liderança do PSL.

    Materia do Jornal O Hoje

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Enviar comentário!
    Digite seu nome completo