Dono de cavalo é detido após deixar animal amarrado, sem água e sem comida em Dores do Indaiá

    0
    294

    Cavalo ficou amarrado por uma corda em lote vago por cerca de 12 horas, segundo a PM.

    Por Marco Aurelio

    15/09/2021 16h31  

    Um homem de 45 anos foi detido por suspeita de maus-tratos, em Dores do Indaiá na noite desta terça-feira (14). Segundo a Polícia Militar (PM), ele é dono de um cavalo, que foi amarrado em uma árvore dentro de um lote vago no Bairro Vale do Sol.

    A denúncia foi feita por testemunhas que viram o animal sem alimentação e sem água, segundo os militares. O dono do cavalo disse à polícia que o animal estava há 12 horas no local. Ele poderá responder por maus-tratos a animais. O cavalo foi encaminhado para um responsável.

    Averiguação da denúncia

    Ao chegar no local da denúncia, os militares constataram que o cavalo estava amarrado com uma corda no pescoço e no local não foi visualizado nenhum vasilhame contendo água ou alimentação.

    A PM localizou o dono e ele foi conduzido ao pelotão militar para dar depoimento sobre o caso, por se tratar de infração de menor potencial ofensivo.

    Para a polícia, ele disse que, na manhã desta terça-feira (14), retirou o cavalo da casa dele e o levou para o lote, onde colocou o cavalo em uma sombra.

    Após tomar conhecimento de onde o cavalo estava, o irmão do dono, retirou o animal do local onde estava amarrado para então levá-lo para outro lugar.

    O dono do cavalo assumiu o compromisso de comparecer à sede da polícia na cidade, quando intimado para responder pelo caso.

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Enviar comentário!
    Digite seu nome completo