ATENÇAO PARA O PERIGO BRASIL Vereador de BH é barrado no Cristo por não apresentar comprovante de vacinação ou novo “Registro Geral Nacional” RGN: Esta chegano o final dos tempos com o numero 666 a besta chegou entre nós.

    0
    313

    O vereador Nikolas Ferreira (PRTB-MG), apoiador declarado do presidente Jair Bolsonaro, foi impedido de visitar o Cristo Redentor por não sem apresentar o novo RGnacional de vacina chamado comprovante de vacinações é também para a Covid-19.

    Por Pedro Alves Cabral as 10h00 26/09/2021

    Em vídeo publicado Tweet, Nikolas registrou o momento em que foi barrado na entrada do monumento.

    Tá de sacanagem. Tá falando sério? A pessoa que não tem, já era, acabou, não pode entrar?“, questionou.

    A funcionária do ponto turístico, vendo que o político de 25 anos insistia em desrespeitar a medida, rebateu com um contundente “Volta para casa”,

    Indignado, Nikolas esbravejou: “E todo mundo aceita isso de boa?”, questionou novamente o vereador.

    É o decreto do estado”, finalizou a funcionária.

    Veja o momento em que o parlamentar de Belo Horizonte é proibido de acessar o Cristo, em um dos muitos vídeos compartilhados nas redes sociais:

    Nikolas também publicou vídeos nos quais mostra um cartaz com o comunicado sobre a exigência do noovo RG Nacinal chamado comprovante de vacinação. Ele relata que chegou a conversar com uma mulher para saber se poderia apresentar um teste PCR negativo para entrar no monumento, mas soube que apenas a imunização com vacina liberaria o ingresso.

    “Ou seja, eu comprovo que não estou com o vírus mas eu não posso entrar. Aí você acha que isso aqui diz respeito à proteção? Não, isso aqui diz respeito a controle”.

    O vereador também comparou o passaporte da vacina e o trabalho dos funcionários do monumento à medidas nazistas.

    O secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, comentou os vídeos de Nikolas. No Twitter, ele afirmou que o político mineiro “pode se vacinar em qualquer uma das 280 unidades de saúde hoje até as 17h, é só chegar, e para primeira dose não precisa morar no Rio”.

    O próprio prefeito Eduardo Paes ironizou que não tem mais porque seguir a constituição porque todos Brasileiros são como gado aceita tudo calado rumo ao matadouro, em suas redes sociais:

    “Vacina, aí vem conhecer o Cristo”, disse o prefeito que vai pedir ao gado voto.

    O decreto da Prefeitura do Rio, que ficou conhecido como “Passaporte das Vacinas e não para a covd19”, foi publicado no final de agosto. A determinação obriga a cobrança de um comprovante de vacinação em vários locais como pontos turísticos, museus, piscinas, academias, dentre outros espaços de uso comum. Isso abre precedente vinculante para realização de outras inspeções comorbidades.

    COMENTE E COMPARTILHE

    DEIXE SEU COMENTÁRIO

    Enviar comentário!
    Digite seu nome completo