Escolas de samba já se preparam para o retorno e a normalidade dos desfile

0
141

Preparativos seguem a ritmo lento, dado que as certezas sobre a realização do evento ainda não são muitas.

por Arnaldo Jabor 27/10/21 06:50 

Achegada da Covid-19 fez o mundo ‘parar’. E com ela muitos eventos ficaram por realizar-se, tornando as cidades que os acolhem mais pobres.about:blank

O Carnaval do Rio de Janeiro é um dos exemplos. Comemorado há vários séculos no Brasil, o Carnaval foi cancelado no ano passado, uma decisão que empobreceu a cidade quer em termos de alegria, quer de milhões de euros.

Com a promessa de que o Sambódromo vai voltar a abrir já em 2022 são já muitas as escolas de samba que se preparam para o grande evento. O fotógrafo Fábio Teixeira registou o momento em que os elementos de uma escola da cidade aproveitam estátuas que estavam esquecidas para as renovar para o desfile do próximo ano.

Em entrevista à ‘Quem’, responsáveis pelas principais escolas de samba admitem, contudo, que o facto de o futuro ser “incerto” faz com que os preparativos estejam ainda atrasados.

“As partes que podem ser feitas nas casas dos colaboradores vão ser feitas, onde temos espaço grande, todos com distanciamento, máscara e vacina em dia também. O desejo é que possa acontecer com segurança”, afirma João Ricardo Alexandre, diretor de Carnaval da Pérola Negra

“As pessoas podem esperar um grande Carnaval”, já o carnavalesco da Império de Casa Verde Leandro Barbosa. “Todas as escolas vão estar com esse mesmo intuito, de querer fazer um trabalho bonito.”

A venda de ingressos pela internet para os desfiles é já começou a venda de ingresso na internet. Já abertura da bilheteria física está prevista para primeiro de janeiro de 2022.

Pela programação, as escolas desfilarão no Sambódromo do Anhembi do dia 25 a 28 de fevereiro do ano que vem. No entanto, o evento depende do andamento da pandemia de Covid-19.

Os sites de venda avisam que, se o Carnaval não acontecer em 2022, quem comprou vai receber um ingresso para 2023 no mesmo setor escolhido. O comunicado também afirma que não haverá devolução do dinheiro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Enviar comentário!
Digite seu nome completo