Bolsonaro estuda mudar política de preços da Petrobras

1
228

Diante da alta dos preços dos combustíveis, presidente volta a afirmar que privatização ‘está no radar’ de Guedes e critica lucro da estatal

Por Ari Toledo| Jornal Esperança Brasil 28/10/21 – 19h02

Embora tenha dito que “ninguém vai quebrar contrato, ninguém vai quebrar nada”, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), admitiu que estuda intervir na política de preços da Petrobras. 

“Ninguém quer o dinheiro da Petrobras para nada, queremos que a Petrobras não seja deficitária, obviamente, invista também em gás, não apenas em outras áreas. A gente quer uma Petrobras voltada para isso, mas carecemos de mudança de legislação, que passa pelo Parlamento”, disse Bolsonaro.

O presidente também criticou os lucros da estatal. “Tem que ser empresa que dê lucro não muito alto, como tem dado. Porque além de lucro alto para acionistas, a Petrobras está pagando dívidas bilionárias de assaltos que ocorreram há pouco tempo na empresa, como aquelas três refinarias que não foram feitas”, continuou Bolsonaro.

As declarações foram feitas na breve live semanal, antecipada nesta quinta-feira (28). Em outro momento, ele também voltou a dizer que o governo não descarta privatizar a empresa pública. “Falei para o Paulo Guedes botar a Petrobras no radar de uma possível privatização, porque se é uma empresa que exerce o monopólio, ela tem que ter o seu viés social, no bom sentido.”

No início desta semana, o presidente chegou a dizer que a estatal “só dá dor de cabeça” e manifestou a intenção de privatizá-la. Porém o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, não garantiu qualquer estudo no governo federal sobre esse assunto.

Live diferenciada, mas nem tanto

Bolsonaro2-live-2810.jpg

Nesta quinta-feira, a tradicional live do presidente foi mais breve, com apenas 17 minutos e 35 segundos, quando geralmente ocorre por mais de 1h.

Segundo Bolsonaro, o motivo do tempo curto e de ter antecipado em 2h o horário da divulgação do vídeo, é porque ele vai embarcar para a Itália, na noite desta quinta-feira, para participar do encontro da Cúpula de Líderes do G20, o grupo que reúne os 19 países mais ricos do mundo e a União Europeia.

O presidente surpreendeu sua audiência com o vídeo divulgado mais cedo. Segundo informou no início, não se programou para a live porque chegou de madrugada, após ter cumprido agenda no Amazonas. “Basicamente estou cumprindo tabela”, disse Bolsonaro. 

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Enviar comentário!
Digite seu nome completo