CONSEG APARECIDA DE GOIÂNIA

1
312

Com a promulgação da nova Constituição Federal de 1988, surgiram novos desafios para consolidação da democracia participativa no Brasil.

Por Euclides Nazareno

as 21h00 20/11/2021

Sob a égide de um novo paradigma, o cidadão é convidado a participar como corresponsável pela solução dos problemas de segurança pública. Nesta perspectiva, vislumbra-se no horizonte da democracia os Conselhos Comunitários de Segurança (CONSEGS) um instrumento de participação social e de fiscalização e controle das instituições governamentais, que pode contribuir para capacidade de gestão autônoma da sociedade, trazendo melhorias na qualidade de vida local através do envolvimento de diferentes grupos sociais na resolução de problemas da comunidade

O CONSEG especial de aparecida de Goiânia (CONSEG AP. DE GOIÂNIA) está ativo, afirma o presidente Silas José e conta com o envolvimento e a participação continuada de diversos atores sociais locais e diferentes instituições de segurança, apontando boas práticas que possam vir reforçar métodos alternativos de resolução de problemas, servindo de guarida para novas políticas públicas no campo da segurança.

A firma Também que o modelo comunitário e comprometido a fomentar os valores democráticos e a firmar parceria com as comunidades para resolver problemas contemporâneos, como crimes, a desordem física e moral urbana dos cidadãos Aparecidenses, com aspectos relacionados à qualidade de vida.

No que tange o respeito e a sensibilidade em relação a todos os cidadãos e seus problemas são compromissos sagrados deste modelo de policiamento.

A lógica do nosso trabalho de policiamento orientado para a comunidade sustenta-se na resolução colaborativa, onde a comunidade e moradores é envolvida no processo de discussão com a polícia, para identificar formas de lidar com os problemas da cidade ou bairros.

Para que se possa avançar efetivamente na prática da segurança com eficiência na cidadania e defesa social, aos cidadãos estaremos proporcionado um canal democrático para a participação dos nossos munícipes ou seja de toda população declara o presidente Silas José e seu vice presidente Marco Aurélio para que, assuntos concernentes à segurança pública e problemas relacionados à qualidade de vida local possam ser tratados abertamente.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Enviar comentário!
Digite seu nome completo